Festas & Eventos

Como é a Fête des Vendanges de Montmartre

28 de outubro de 2017

Agora em outubro aconteceu aqui em Paris a Fête des Vendanges de Montmartre. É um evento bem legal, onde os moradores do bairro se reúnem com outros parisienses e turistas para celebrar o vinhedo mais diferente da Europa. Vejam como foi legal.

Montmartre

Esta foi a 84ª Fête des Vendanges e o país homenageado foi Portugal. A primeira aconteceu em 1934, quando o vinhedo foi implantado no coração de Montmartre, embora a primeira vindima (vendange) só tenha ocorrido quatro anos depois. Desde então, todos os anos, quase sempre em outubro, acontece a festa, que dura mais ou menos cinco dias.

Montmartre

Várias associações do bairro, como La République de Montmartre e La Commune libre de Montmartre, para citar algumas, participam ativamente do evento. Mas também associações e confrarias de outras partes de Paris, da França e até do mundo marcam presença nos dias de festa. Muitas em torno do vinho, ou de produtos típicos de suas regiões – como o morango da cidade de Carpentras, por exemplo -, ou até mesmo da música e da dança. Vi alguns grupos inspirados no Brasil e até um conjunto boliviano.

Montmartre

Além disso, várias atividades compõem a festa. Tem ateliês de vários tipos, degustações, exposições de arte, projeções de filmes, visitas guiadas, etc. Uma programação intensa, onde você escolhe o que tem mais a ver com você.

Montmartre

Vou citar aqui alguns pontos altos dos quais participei. A primeira atividade que fiz foi na quinta-feira, dia 12 de outubro, com uma visita de uma hora e quinze aos bastidores do Moulin Rouge. Foi super interessante saber não somente a história do cabaré como também ver como ele funciona. Aprendemos sobre como são recrutadas e vivem as dançarinas, como são feitas e cuidadas as roupas do espetáculo, como é cada apresentação. Tudo isso regado a muita história e anedotas. Foi bem legal.

Montmartre

Já na sexta, dia 13, visitei a Vigne de Montmartre. Apesar do vinhedo ser pequeno e a gente, normalmente, poder vê-lo integralmente através dos portões, foi especial poder entrar ali. A visita é guiada e durou quase uma hora. Mas é um tempo em que a gente aprende muito. O guia, muito didático, claro e simpático, nos explicou como nasceu a ideia do vinhedo, como foi sua implantação e como é o funcionamento do lugar hoje em dia.

Montmartre

Ele deu também vários detalhes sobre a fabricação e curiosidades do vinho de Montmartre, chamado Clos Montmartre. Essa visita acontece em todos os dias da festa, quatro vezes por dia. É preciso se inscrever com antecedência, porque é uma atividade concorrida. Para se ter uma ideia, o evento acontece em outubro, mas as inscrições são abertas um mês antes.

Montmartre

No sábado, dia 14, assisti ao Ban des Vendanges. Dentro do vinhedo, as autoridades da festa e presidentes das associações do bairro fazem seus discursos, intercalados com muita música. É a chance de ver os padrinhos do evento, que este ano foram o cantor e compositor Hugues Aufray e a atriz Sarah Biasini. E também ver as crianças e adolescentes da associação P’tits Poulbots, uma fanfarra típica do bairro, e o coral Les Compagnons de Montmartre.

Montmartre
Hugues Aufray, o padrinho da festa
Montmartre
A fanfarra P’tits Poulbots

Logo em seguida, ali mesmo do vinhedo parte o grande desfile. Dele participam todas as associações presentes na festa. Cada grupo vestido com seu “uniforme” e fazendo a sua animação. Muitos tocando música e dançando e muita alegria no ar. Não é um desfile rigoroso. Ao contrário, é até uma bagunça bem divertida. Muitos grupos aproveitam para distribuir seus produtos. Teve até copo de vinho na faixa.

Montmartre

Montmartre

Montmartre

Montmartre

Uma das grandes atrações de todos os dias do evento é o “Les Parcours du Goût”. É uma feira com barracas vendendo vinhos, cervejas, vários tipos de comida e até guloseimas para levar para casa. Todas oferecem degustações, que não são gratuitas, mas têm preços camaradas. Na primeira, você ganha o copo para usar em todas as degustações que fizer depois. Como eu fiz de vinho e cerveja, ganhei uma taça e um copão.

Montmartre

Montmartre

E para comer, é tanta coisa gostosa que a gente não sabe nem o que escolher. Como participei durante vários dias – fui de quinta a domingo -, cada dia comprei um prato ou sanduíche diferente. Tem barracas de várias partes da França, dos territórios franceses além-mar e este ano havia várias de Portugal, pois era o país homenageado da festa. Aproveitei e comi muito queijo português com vinho verde, que eu adoro. Mas também provei pratos franceses, tapas. Enfim, experimentei quase tudo.

Montmartre

Montmartre
Fiquei apaixonada pelo Kouign Amann, um bolinho doce da região da Bretagne

Bom, em resumo, foi esta a minha festa. Mas, como escrevi acima, a programação de todos os dias é intensa. Este ano, começou na quarta-feira, dia 11 de outubro, e foi até domingo, dia 15, tendo atrações de manhã até a noite. Abaixo, vou deixar as informações e em breve divulgo a data da festa do ano que vem.

Montmartre

Fête des Vendanges de Montmartre
Segunda semana de outubro.
Local: Em vários lugares do bairro.
Preço: a festa em si é gratuita, mas há eventos gratuitos e pagantes.
Para saber mais, consulte o site oficial da festa aqui.

Montmartre

Montmartre

* Reserve hotel para Paris e outras cidades do mundo com o Booking
* Compre seu seguro de viagem com a Real ou com a Mondial
* Para fazer passeios e excursões, contate a ParisCityVision
* Para transfer e passeios privados, contate a França entre Amigos
* Compre ingressos fura-fila para várias atrações de Paris e outras cidades com a Ticketbar
* Alugue um carro com a Rentalcars
* Saiba mais sobre Cursos de idiomas no exterior

Renata Rocha Inforzato

Sou de São Paulo, e moro em Paris desde 2010. Sou jornalista, formada pela Cásper Líbero. Aqui na França, me formei em História da Arte e Arqueologia na Université Paris X. Trabalho em todas essas áreas e também faço tradução, mas meu projeto mais importante é o Direto de Paris. Amo viajar, escrever, conhecer pessoas e ouvir histórias. Ah, e também sou louca por livros e animais.

Comentários (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Direto de Paris usa cookies para funcionar melhor. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close