Provins

Uma viagem ao passado: as Médievales de Provins

5 de julho de 2012

Uma das coisas que mais gosto aqui na Europa é a vontade que eles, os europeus, têm em realizar festivais, festas típicas, passeios, shows, enfim, qualquer data ou assunto é motivo para um evento. E, por ser louca por História, os que mais gosto são os que recriam situações ou modo de vida do passado.

Médiévales de Provins

Por isso, não é a toa que, desde que vim para cá, tenho ido à Festa Medieval de Provins, uma cidade histórica na região parisiense. São dois dias de muita alegria, de música, de boa comida e interação entre moradores e turistas. E tudo com tema medieval, um dos períodos do passado que mais amo.

Médiévales de Provins

Mas, mesmo que você não seja particularmente amante de História, só a alegria, os trajes e a comida da festa já valem uma visita. Dá uma olhada:

Médiévales de Provins

Médiévales de Provins

As Médievales de Provins, nome oficial da festa, acontecem todos os anos, em um final de semana de junho. Em 2012, ela ocorreu em 23 e 24 junho e foi a 29ª edição.

Médiévales de Provins

Provins é conhecida por seu patrimônio histórico, tombado pela UNESCO em 2001. É um dos conjuntos medievais mais bem preservados e acessíveis da Europa. Para se ter uma ideia, ela tem várias casas do século XI, por exemplo. Passear por suas ruas é como voltar ao passado. Agora imagina a sensação em uma festa medieval!

Médiévales de Provins

Uma festa que celebra o orgulho pelo passado

Em 1984, a administração da cidade, juntamente com os moradores, resolveu criar uma festa que revivesse os tempos das “Feiras de Champagne”, ou seja, feiras medievais que aconteciam em cidades estratégicas da Europa, das quais a de Provins foi a mais importante.

Médiévales de Provins
Carrinho de bebê medieval
Médiévales de Provins
Uma brasileirinha que encontrei

A expectativa dessa primeira edição era atrair 5 mil visitantes, além de artistas diversos e artesãos vindos de toda a Europa. Hoje a festa atrai mais de 80 mil pessoas, entre moradores e turistas do mundo todo, e é a maior festa medieval de toda a Europa.

Médiévales de Provins

Jogos, música, espetáculos e comida… muita comida

As Médievales de Provins têm de tudo um pouco. Todo ano, há um tema principal com um convidado de honra. Em 2012, o tema foi Guédelon, um château fort que está sendo construído no meio da Borgonha seguindo as técnicas e materiais medievais. Vários trabalhadores deste castelo, que pode ser visitado, estavam na festa mostrando como eram construídos os castelos medievais.

Médiévales de Provins

Médiévales de Provins
A criançada talhando pedra

Perto das muralhas da cidade, havia um acampamento que mostrava como era a vida na Idade Média. Na verdade, um acampamento é modo de dizer, porque o negócio era grande mesmo. Tinha pessoas que fazem crepes à moda medieval, outros que ensinavam as profissões da época, e, ainda, outros que encenavam duelos.

Médiévales de Provins
Técnica medieval de fabricação de botão

Aliás, essa era uma parte muito interessante, principalmente para as crianças, que ficavam fascinadas em aprender como se fazia um vitral, como se talhava a pedra ou esculpia a madeira, como se fabricava um botão naquela época. Enfim, quase todas as profissões medievais estavam presentes.

Médiévales de Provins
Caligrafia medieval

E, além de aprenderem como se fazia os objetos da época, as crianças ainda podiam colocar a mão na massa em vários ateliês. Mesmo para os pequenos turistas que não falam francês era uma atividade bem interessante.

Médiévales de Provins
Ateliê de pintura em vidro

Também perto da Muralha havia um espaço para jogos. Adultos e crianças se divertiam à beça, aprendendo como se maneja o arco e flecha e outros jogos medievais, para depois participarem de torneios.

Médiévales de Provins

Já indo em direção a praça principal, a do Chatel, havia várias barracas de artesanato dos mais diversos tipos e quase todos os produtos tinham uma inscrição que dizia que foram fabricados à maneira antiga. Por toda a parte havia, também, muitas barracas com comidas, preparadas como na época medieval. Era difícil não parar ao menos em uma e comprar uma lembrancinha ou uma guloseima. Confesso que comi demais…

Médiévales de Provins

Médiévales de Provins
Pão de especiarias

Também havia vinhos, queijos e mel de fabricantes de toda a Europa, também à moda medieval. Claro que há algumas concessões à modernidade na fabricação, mas o gosto e apresentação dos produtos eram como há mil anos. Por exemplo, o Hypocras, vinho com especiarias e adoçado com mel, muito popular na época, estava presente em várias barracas. E é claro que fiz um monte de degustação. Também provei queijos, geléias e até macarons.

Médiévales de Provins

Havia barraquinhas de roupas medievais para comprar. Aliás, um dos baratos da festa é vestir-se a caráter. Além do ingresso ser mais barato, 4,50 euros por dia (o preço normal era 10), quem vai com roupa medieval pode participar do grande desfile do domingo, o ponto alto da festa. Você pode providenciar seu traje com antecedência, ensaiar uma coreografia com seus amigos, ou apenas desfilar ao lado do seu amor. Todos são bem – vindos, basta chegar alguns minutos antes.

Médiévales de Provins

Na praça do Chatel, o coração da festa, havia uma “cage à écureuil”, a tradução literal é gaiola de esquilo, mas, na verdade, nada mais é que uma grua ou guindaste. Enfim, era uma engenhoca, é claro, medieval, que mostrava como os construtores elevavam as pedras antigamente. Era outra alegria para a criançada, pois bastava ficar correndo lá dentro de uma espécie de roda e o braço, responsável por levantar pedras, se erguia. As crianças pareciam ratinhos lá dentro.

Médiévales de Provins

É em torno da praça que estão concentrados os restaurantes e creperias. Durante as Médievales eles servem o menu medieval, que varia de acordo com cada estabelecimento. Há opções bem legais e com preços acessíveis, em média 15 euros, com entrada, prato e sobremesa.

Médiévales de Provins

E a música estava por toda a parte. Não só na praça, mas também percorrendo as ruas, encontrava trovadores, músicos e dançarinos, vindos de vários países. Através de suas melodias, trovas ou danças, parecia que todos estávamos de volta aos tempos dos bravos cavaleiros e donzelas. Era comum topar, também, com grupos de saltimbancos, malabaristas, engolidores de fogo, marionetes e até duendes.

Médiévales de Provins

O ponto alto das Médiévales todos os anos é o domingo às 15h30: um grande desfile, com cerca de 800 participantes, todos em trajes medievais, percorre toda a cidade histórica. É bem legal. Você vê grupos de templários, de nobres, de fadas, de músicos, cada um com sua coreografia e interagindo com o público. É uma animação só. E, como disse acima, se você estiver vestido como na Idade Média, pode participar.

Médiévales de Provins

Médiévales de Provins

As atrações normais da cidade, como a Torre César, a Grange aux Dîmes, dentre outras, das quais já falei aqui, continuam abertas durante a festa. Também há os espetáculos medievais, como La légende des chevaliers e Les Aigles des remparts, que normalmente estão em cartaz de abril a novembro, mas que durante as Médievales apresentam mais sessões.

Médiévales de Provins
Les Aigles des Remparts

Gostou? Participar de uma festa medieval é uma experiência única e diferente, principalmente para nós brasileiros. A de Provins agora só no ano que vem. Mas nesse site você pode ver as datas de todas as festas medievais do ano e quem sabe se animar a ver uma de perto. Mesmo que ela não seja tão grande quanto as Médievales de Provins, ainda assim valem a pena.

Médiévales de Provins

Mas se quiser ver outra festa interessante em Provins, anote: No dia 26 de agosto de 2012 acontece a Fête de la Moisson, ou Festa da Colheita. É o segundo maior evento da cidade e é também bem interessante. Mas Provins pode ser visitada o ano todo, embora a melhor época seja de abril a novembro, quando as temperaturas estão mais agradáveis.

Médiévales de Provins

Como chegar:

Para ir até Provins, basta pegar um trem na Gare de L’Est. Chegando na estação da cidade, você pode optar por ir a pé até o centro histórico ou pegar um ônibus em frente à estação. A viagem dura cerca de uma hora e meia. O bilhete de ida e volta custa 22 euros. Mas você também pode usar o seu passe Paris Visite, zonas 1 a 6. Mais informações sobre o trajeto

Para saber mais sobre Provins, acesse o site oficial de turismo da cidade

E olhem o susto que levei…

* Reserve hotel para Paris e outras cidades do mundo com o Booking
* Compre seu seguro de viagem com a Real ou com a Mondial
* Para fazer passeios e excursões, contate a ParisCityVision
* Para transfer e passeios privados, contate a França entre Amigos
* Compre ingressos fura-fila para várias atrações de Paris e outras cidades com a Ticketbar
* Alugue um carro com a Rentalcars
* Saiba mais sobre Cursos de idiomas no exterior

Renata Rocha Inforzato

Sou de São Paulo, e moro em Paris desde 2010. Sou jornalista, formada pela Cásper Líbero. Aqui na França, me formei em História da Arte e Arqueologia na Université Paris X. Trabalho em todas essas áreas e também faço tradução, mas meu projeto mais importante é o Direto de Paris. Amo viajar, escrever, conhecer pessoas e ouvir histórias. Ah, e também sou louca por livros e animais.

Comentários (29)

  • Ana Catarina Responder    

    5 de julho de 2012 at 3:09

    Morri de inveja!
    Adoraria ir numa festas dessas, até porque eu adoro idade média.
    Quem sabe você não me leva para conhecer Provins?!
    Bjs

    • Renata Inforzato Responder    

      5 de julho de 2012 at 3:47

      Mas claro que te levo, Ana. E ainda vamos comer na taverna. Vou escrever sobre ela e vc vai ver que legal; bjss

  • Milena F. Responder    

    5 de julho de 2012 at 9:13

    Adoro esse Festival, mas esse ano não pude ir!
    Acho lindas as fantasias, o ambiente, as músicas, além de tudo ser preservado! Quero ainda visitar a cidade em outra época fora do festival! Quem sabe esse ano?

    • Renata Inforzato Responder    

      5 de julho de 2012 at 9:35

      Milena,

      Vai na fête da la moisson. É legal tb, tem shows, roupa típica de camponês e danças. Vou escrever também sobre a Taverne des Oubliées, que, para mim, foi uma experiência inesquecível e é uma opção de jantar, com shows e banquete medieval. Se vc quiser, não me incomodo em ir de novo à cidade, rsrsrs. bjsss

  • meire Responder    

    5 de julho de 2012 at 9:51

    Renataaaaaaaaaaa
    como assim vc não falou nem postou nada da taverna?????? ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh gritosssss, pra mim aquilo foi um sonho
    ou vc vai escrever alguma coisa sò dedicado à taverna?

  • Monique Ribeiro Responder    

    5 de julho de 2012 at 15:43

    AAAAAAAH que emoção Renata! Quero muito ir numa festa dessas!!!!!! Demais esse post, favoritei !!!

    B eijãaao

  • Renata Inforzato Responder    

    5 de julho de 2012 at 20:09

    Oi Monique

    Obrigadão!!!!! Em Provins ano que vem tem de novo. Mas tem o ano todo em vários países da Europa

    Beijãooo

  • Lílian Veiga Responder    

    5 de julho de 2012 at 21:41

    Renata…amei passear pelo seu texto e fotos. Com certeza é uma experiência maravilhosa participar de uma festa desta.
    Amei!!!
    beijos

    • Renata Inforzato Responder    

      6 de julho de 2012 at 11:15

      Lilian,

      Obrigada! Sou suspeita pra falar porque adoro essas festas típicas, mas é uma experiência maravilhosa mesmo e totalmente diferente. Quem tiver a oportunidade de ver uma de perto, recomendo. Não vai se arrepender.

      beijos

  • Marcia Responder    

    29 de julho de 2012 at 12:51

    Ola Renata,
    Eu e meu marido estamos indo com nosso filho de 6 anos para Paris agora em outubro. Um amigo nos indicou Provins, e pesquisando, encontrei teu texto, adorei e fiquei mais empolgada! Ficaremos ao todo 8 dias, e pensamos em fazer um unico passeio nos arredores de Paris…. Achas que este eh o melhor lugar? 🙂 meu filho adoraaaaa todas essas coisas medievais, ja me imagino voltando com umas 8 espadas e 5 armaduras heheh.
    Beijos e obrigada

    • Renata Inforzato Responder    

      9 de agosto de 2012 at 13:42

      Oi Marcia
      É difícil te dizer qual o melhor lugar para um passeio nos arredores de Paris, pois há vários lugares interessantes e coisas para se fazer. Mas se seu filho adora coisas medievais, com certeza Provins é o lugar. Além da cidade velha, tem os espetáculos e acho que ele vai amar principalmente o das Aves de Rapina.

      beijos

  • Judith Pinheiro Responder    

    3 de agosto de 2012 at 3:08

    Renatinha.
    Vou ficar em paris 21 de setembro a 31 de setembro e depois de 11 de outubro ao 22 de outubro.
    Quero ir a provins e pelo que vi é melhor num fim de semana.
    Qudo chegar agente se encontra. o primeiro periodo vou ficar no apto de David no Richar lenoir
    Me dê dicas. Vou viajar para Londres dia 1 muito cedo. E no sabado 29 ninha amiga q não fala frances vai emboira ao meio dia. Minha vontade é ir dia 29 mas…..
    Posso ir tb po 13 ou 14 de outubro. Vou ficar num studio pertinho do Palais Royal.
    O que vc acha?bjos e parabens pelo texto do livro.Juju

    • Renata Inforzato Responder    

      9 de agosto de 2012 at 13:45

      OI Judith

      Acho que vc fez uma boa escolha nos dois apartamentos. No que puder, lhe ajudo com dicas. Provins é mesmo melhor para visitar nos finais de semana.

      beijos

  • Cristiano Chaves de Oliveira Responder    

    17 de agosto de 2012 at 15:26

    Olá Renata,

    Eu e minha namorada iremos para a França no final de outubro e início de novembro. Estaremos em Paris entre 31/10 e 06/11 e gostaríamos de ir a Provins numa dessas datas. Como os shows medievais terminam em 04/11, pensamos em ir no dia 03/11 a Provins, que é um sábado e daria para aproveitarmos o banquete medieval na Taverne des Oubliées, mas estamos com algumas dúvidas e pensamos se você poderia nos dar algumas dicas.

    A primeira é: realmente para participar do banquete medieval é necessário dormir em Provins, certo? Se sim, saberia nos indicar um hotel ou guest house que tivesse um preço realmente acessível? Já estaremos pagando o hotel de Paris (que aliás já está pago), então se formos dormir em Provins vamos, na verdade, pagar dois hotéis por uma noite, ou seja, um deles teria que ser bem acessível para compensar (e como vai ser só para dormir mesmo, pode ser bem simples, desde que perto).

    Pensamos em alugar um carro para ir até Provins e poder retornar depois do banquete. Mas minha namorada ficou um pouco preocupada com essa possibilidade, já que o banquete é regado a vinho e não queremos ficar nos controlando numa noite tão especial. 🙂

    No mais, parabéns pelo blog e pelos textos. Seus posts são bastante inspiradores! Minha namorada “devorou” seu blog e ele vai ser muito útil para nós. Sentimos falta apenas de mais posts sobre o sul da França. Pretendemos explorar Sarlat, Rocamadour, Carcassone e muitas outras cidades nos arredores de Avignon e Lyon e estamos carentes de dicas!

    Mais uma vez, parabéns!

    • Renata Inforzato Responder    

      18 de agosto de 2012 at 23:08

      Oi Cristiano,

      Não dormi ainda em Provins, então, não sei muito sobre os hoteis. No site da cidade http://www.provins.net tem algumas opções, talvez sejam nos valores que vc espera. Ia te dar a sugestão de contratar um transfer, mas talvez saia no mesmo valor que o hotel. Espero que vc aproveite bastante Paris. Se quiser outra sugestão, aproveite para conhecer o Vale do Loire. Quanto à lacuna do sul da França, vou preenchê-la em breve 🙂
      Obrigada pelo elogio e volte sempre

  • Taverne des Oubliées – Ode à gula em uma viagem medieval | Direto de Paris Responder    

    12 de março de 2013 at 22:02

    […] começa o evento. Até que esse ano uma amiga quis ir comigo às Médievales, evento que já contei aqui, e disse ter vontade de participar do tal banquete, que seria depois da festa. Então, combinamos, […]

  • Post-vídeo: Médievales 2013 em Provins | Direto de Paris Responder    

    19 de junho de 2013 at 23:16

    […] passado já escrevi sobre as Médiévales, a grande festa medieval que acontece em Provins, a 80 quilômetros de Paris, e dura um final de […]

  • Direto de Paris: dicas de atrações turísticas que nem sempre sabemos que existem | Turista Profissional Responder    

    20 de novembro de 2013 at 13:37

    […] – Uma viagem ao passado: as Médievales de Provins; […]

  • Flávia Amaral Responder    

    9 de janeiro de 2014 at 19:38

    Adorei ! Sou estudante de História (UFPR, Curitibana), e adoro ler seu blog ! parece que minhas aulas ganham “vida”! Você escreve de uma maneira encantadora e esclarecedora, parabéns, e olha, essas festas devem ser o máximo mesmo ! Que vontade de desfrutar isso tudo ! Amo a época medieval, foi a disciplina que mais me encantou ! Renata, mais uma vez parabéns, muito bom mesmo ! Abraços !

    • Renata Inforzato Responder    

      10 de janeiro de 2014 at 10:47

      Oi Flavia
      Obrigada pelo comentário, me deixou muito feliz! Eu também, a matéria que mais gostei e desde o colégio, foi história Medieval. Espero que você possa vir ver essa festa ao vivo um dia. Um beijão

  • Claudia Lopes Responder    

    12 de fevereiro de 2014 at 10:45

    Oi Renata,
    Adorei a dica da Taverne des Oubliées, gostaria muito de participar desse jantar, estarei em Paris em Maio/14.
    Existe alguma agência que faça esse passeio incluindo transporte + jantar na Taverne?
    Bjs
    Claudia

  • Direto de Paris Responder    

    24 de junho de 2014 at 11:02

    […] vocês não sabem o que são as Médiévales, recomendo que leiam esse post aqui e esse aqui. Provins é uma cidade medieval e inscrita na lista de Patrimônios Mundias da Unesco, […]

  • Direto de Paris - Jornalismo em Paris Responder    

    28 de junho de 2016 at 23:42

    […] escrevi bastante sobre as Médiévales: tem a edição 2012, , e todas publicadas aqui no blog. Mas não poderia deixar de registrar a deste ano, com tudo o […]

  • Gabi Moniz Responder    

    5 de outubro de 2016 at 21:43

    Essa não é a primeira vez que leio este post e também não será a última! Foi aqui que eu descobri esse tipo de festa na França e fiquei maravilhada com as fotos.
    Realmente é o tipo de atração que encanta! Só falta agora conseguir programar uma viagem a Provins em junho 😉

    • Renata Rocha Inforzato Responder    

      10 de outubro de 2016 at 20:39

      Oi Gabi, espero que você possa vir ver a festa ao vivo. Tenho outros relatos aqui no blog sobre ela, acabo escrevendo todos os anos. Um beijão

  • Luciana Rodrigues Responder    

    4 de novembro de 2016 at 10:50

    Por aqui também temos um monte dessas festas, mas você sabe que nunca consegui ir. Estava me programando, mas algumas delas eram agora em lugares onde houve terremoto. Parabéns pelo post e, quem sabe, um dia visitarei essa na França?

    • Renata Rocha Inforzato Responder    

      5 de novembro de 2016 at 12:42

      Opa, quando você vier, me avise que vou contigo. Fiquei super triste com esse terremoto, imagino as casas das pessoas e os lugares lindos que foram pro chão. Mas espero que eles consigam reerguer tudo, inclusive a economia. Um beijo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Direto de Paris usa cookies para funcionar melhor. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close