Dicas gerais

Como se inscrever em uma universidade francesa

4 de novembro de 2018

Já contei aqui no blog que vim para a França como estudante de francês e depois cursei História da Arte e Arqueologia em uma universidade francesa. Muita gente me pergunta como eu fiz para me inscrever. Então, neste texto explico como fazer.

inscrever em uma universidade francesa

Para começar, o processo de inscrição é diferente de acordo com a nacionalidade e o tipo de estudo, e se o candidato mora na França ou não. Aqui vamos considerar o candidato brasileiro sem cidadania europeia e que quer fazer uma licenciatura em uma universidade francesa.

inscrever em uma universidade francesa

1) Se o candidato mora na França e quer entrar no primeiro ano da faculdade (L1) – Neste caso, o candidato deve fazer o download do formulário DAP (dossier de demande d’admission préalable) VERT, preenchê-lo e enviar ao serviço de “scolarité” da universidade escolhida no prazo de 15 de novembro a 22 de janeiro do ano escolar anterior ao que pretende cursar.

inscrever em uma universidade francesa

Explico: aqui o ano escolar universitário começa em setembro/outubro e vai até junho. Nós estamos no ano escolar 2018/2019. Então, o candidato que entregar o DAP até 22 de janeiro de 2019, por exemplo, vai entrar na faculdade em setembro/outubro de 2019, mas já no ano escolar 2019/2020. O estudante pode se candidatar em até três opções, que podem ser: três cursos diferentes em três universidades diferentes; três cursos diferentes na mesma universidade ou três cursos iguais em três universidades diferentes. Há uma lista de documentos exigidos junto com esse formulário e você pode acessá-la aqui.

inscrever em uma universidade francesa

O futuro estudante deve também fazer um teste de francês na primeira universidade escolhida. Ele é dispensado do teste se tiver feito o TCF há menos de dois anos antes da data de inscrição com o DAP. Geralmente para a licença, o mínimo exigido é nível B2.

inscrever em uma universidade francesa

Esses procedimentos valem mesmo para quem já tem um diploma superior no Brasil. Já para quem fez o bac francês, isto é, o exame de final de estudos secundários na França, a inscrição em primeiro ano de faculdade se faz através da plataforma Parcoursup. O mesmo vale para quem já fez algum outro curso superior na França e quer fazer outra faculdade desde o primeiro ano (L1).

inscrever em uma universidade francesa
Quartier Latin – o bairro dos estudantes

2) Se o candidato mora na França e quer entrar no segundo (L2) ou terceiro (L3) ano da faculdade ou no Master (mestrado) – Basta ir diretamente à universidade escolhida e ver qual a lista de documentos e o prazo para fazer a candidatura. Lembrando que, dependendo do seu percurso escolar, pode ter que voltar um ou mais anos. Você pode pedir uma “attestation de comparabilité” para o seu diploma brasileiro, que é como um reconhecimento de diploma (saiba mais neste link). Mas, mesmo com esse documento, a decisão final é sempre do estabelecimento escolar francês.

inscrever em uma universidade francesa

3) Se o candidato mora no Brasil e quer entrar em uma universidade francesa – Não importa se é para L1, L2, L3 ou master, o candidato deve, obrigatoriamente, passar pelo processo do Campus France Brasil. Neste caso, a candidatura eletrônica é enviada para a universidade escolhida. Leia com atenção o site, porque há vários pormenores e alguns cursos possuem um sistema de admissão diferente.

inscrever em uma universidade francesa
A capela da Sorbonne

Lembrando que, em qualquer um dos casos acima, você tem que provar estar apto para entrar em uma faculdade. No meu caso, eu já tinha o diploma de jornalismo do Brasil. Então, além dele, entreguei o histórico escolar e nele havia até a minha nota do vestibular (ainda não existia ENEM).

inscrever em uma universidade francesa
Minha carteirinha de estudante

Antes de qualquer ação, pesquise as universidades francesas e entre em contato com elas para saber como se inscrever e a lista de documentos que exigem. Pode haver pequenas diferenças entre elas no processo de admissão.

inscrever em uma universidade francesa

Outro conselho que dou é: mesmo que você já tenha estudado francês no Brasil, se ainda não estudou o idioma estando na França, matricule-se em uma escola daqui. Eu estudei um ano de francês aqui em Paris, vivo o idioma no dia-a-dia, e mesmo assim no começo tive dificuldade em acompanhar as aulas na faculdade. E nenhum professor vai ficar falando devagar durante a aula porque você é estrangeiro. Você será tratado como qualquer outro estudante, sem moleza. Eu vendo cursos de francês na França de escolas reconhecidas pelo governo daqui e isso pode lhe ajudar a se preparar para entrar em um curso superior, seja em Paris ou em outra cidade francesa.

inscrever em uma universidade francesa

Bom, esse foi um resumo sobre como se inscrever em uma universidade francesa. Se quiser ler um pouco mais sobre o assunto, leia este texto sobre as vantagens de estudar na França e este outro sobre os conselhos para virar estudante de uma escola francesa. Boa sorte!

inscrever em uma universidade francesa

* Reserve hotel para Paris e outras cidades do mundo com o Booking
* Compre seu seguro de viagem com a Real ou com a Mondial
* Para fazer passeios e excursões, contate a ParisCityVision
* Para transfer e passeios privados, contate a França entre Amigos
* Compre ingressos fura-fila para várias atrações de Paris e outras cidades com a Ticketbar
* Alugue um carro com a Rentalcars
* Saiba mais sobre Cursos de idiomas no exterior

Renata Rocha Inforzato

Sou de São Paulo, e moro em Paris desde 2010. Sou jornalista, formada pela Cásper Líbero. Aqui na França, me formei em História da Arte e Arqueologia na Université Paris X. Trabalho em todas essas áreas e também faço tradução, mas meu projeto mais importante é o Direto de Paris. Amo viajar, escrever, conhecer pessoas e ouvir histórias. Ah, e também sou louca por livros e animais.

Comentários (4)

  • Gabriela Torrezani Responder    

    13 de novembro de 2018 at 18:10

    Caramba, apesar da burocracia me parece um trâmite relativamente acessível… estou passando por isso na Espanha mas aqui pra entrar tem que passar no vestibular deles que é BEM difícil, além de toda a documentação exigida (estou estudando pacas). Aí todas as faculdades tbm são pagas, inclusive as públicas?

  • Analuiza Responder    

    13 de novembro de 2018 at 22:11

    Um roteiro bem mastigadinho! Deve ser uma experiência muito interessante estudar fora! Quem sabe?! Agora já sei o passo a passo para a França!

  • Patricia Responder    

    15 de novembro de 2018 at 13:38

    Que experiência incrível estudar história da arte em Paris!
    Essa burocracia chatinha faz parte e tenho certeza que tudo compensa demais!

  • Denise Barreto Responder    

    16 de novembro de 2018 at 0:54

    Oi, Renata! Esse texto é de utilidade pública. Bom saber dos trâmites e que apesar das dificuldades, não é impossível. Abraços!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

O Direto de Paris usa cookies para funcionar melhor. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close