Strasbourg

Três restaurantes em Strasbourg que valem o jantar

16 de Março de 2014

Recentemente passei alguns dias em Strasbourg, uma cidade francesa que fica na região da Alsace. Sobre ela, vou falar em um dos próximos textos, mas nesse aqui queria dar a dica dos lugares em que comi, e muito bem por sinal.

Au Vieux Strasbourg entrada

A cozinha da região é bem calórica, e muito gostosa. A influência alemã – a Alsácia fica na fronteira da França com a Alemanha – se faz presente em pratos como o chucrute e o joelho de porco. Há também a flammekuechen ou tarte flambée, da qual já falei aqui, além de iguarias a base do Munster, o queijo local que eu adorei.

Interior do Petite Alsace
Interior do Petite Alsace

Alguns restaurantes servem, também, o chucrute de Poisson, ou seja, com peixe no lugar da carne de porco. Mas, desta vez, não comi chucrute e nada de carne ou peixe. Eu ainda estava em lua-de-mel com a tarte flambée e os queijos. Então, mandei ver nesses restaurantes:

Petite Alsace restaurante

1) La Petite Alsace – Ele fica na região da Petite France, perto do hotel em que fiquei. O menu, com entrada, prato e sobremesa, custa 19 euros (mas há outros preços também). O ambiente é gostoso, é uma típica casa alsaciana, o atendimento rápido e simpático e as porções grandes. Como entrada, pedi meia tarte flambée tradicional, ou seja, com creme fraîche, bacon e cebola. Estava divina. E olhem o tamanho: era “apenas” meia torta.

Tarte flambée Petite Alsace

Como prato principal, pedi a tartiflette, que vai batata, crème fraîche, bacon e queijo. Ela não é uma receita típica da região, mas, nesse caso, o queijo usado era o Munster. Então, era uma tartiflette diferente, acompanhada por uma salada. Também aprovada.

Tartiflette de Munster Petite Alsace

A sobremesa foi um Entremets de Fruit da la Passion. É uma espécie de bolo-mousse de maracujá. Muito bom. Com o vinho, um copo de Pinot Noir Alsacien au cassis, a conta ficou em 22,50 euros.

La Petite Alsace
23 Rue du Bain aux Plantes
67000 Strasbourg

Entremets de Maracujá

2) Flamme & Co – Possui duas unidades na Alsace: uma em Strasbourg, numa das ruas principais, e a outra em Kaysersberg. É um restaurante-conceito, criado por Olivier e Emmanuel Nasti, especializado em tartes flambées (o flamme vem de flammekuechen), com decoração moderna e funcionários jovens. O menu, com prato e sobremesa, custa 19 euros.

O cardápio é um cubo
O cardápio é um cubo

A tarte flambée que eu pedi foi a gratinada. Leva os mesmos ingredientes que a tradicional mais o queijo. Nem preciso dizer que estava bem gostosa, né?

Tarte Flambée Flam & Co

Mas eu estava ali por causa da sobremesa. Sim, porque havia visto no cardápio que eles tinham a tarte flambée de crème brûlée. E foi uma escolha da qual não me arrependi.

Tarte flambée de crème brûlée

Com o vinho branco Sylvaner Seltz de Mittelbergheim (esse anotei direitinho), a conta foi de 20,90 euros.

Flamme & Co
53/55 Grand’Rue
67000 Strasbourg

Adorei o All Star
Adorei o All Star

3) Au Vieux Strasbourg – Assim como o primeiro, é um restaurante de comida tradicional da Alsace, situado em um casa antiga e típica da região, perto da catedral. A decoração segue o mesmo estilo. Não havia opção de menu, mas os preços dos pratos eram bem em conta, principalmente porque são porções generosas.

Interior Le Vieux Strasbourg

Apesar da especialidade do lugar ser joelho de porco, pedi um prato que não conhecia e pelo qual me apaixonei: Spätzle. Trata-se de uma massa de origem alemã, tipo nhoque, muito gostosa, gratinada com – adivinhem? – Munster. Como acompanhamento, uma salada. Tudo isso por 11,20 euros.

Spätzle le Vieux Strasbourg

Para sobremesa, pedi um chocolate liégeois. Esta é o tipo de sobremesa que encontramos pela França inteira, mas da qual gosto muito. Vejam se não é boa.

Chocolat Liégeois Le Vieux Strasbourg

A conta, com o vinho (um copo de Riesling – um branco delicioso), ficou em 23 euros . E comi muito bem. O atendimento é rápido e bem simpático.

Au Vieux Strasbourg
5, rue Maroquin
67000 Strasbourg

Vinho Alsace Strasbourg

Bom, fiquei quatro noites em Strasbourg e jantei nesses restaurantes. Em uma das noites, comi no Flam’s, que já conhecia de Paris e sobre o qual escrevi há algumas semanas. Normalmente quando viajo, belisco durante o dia (para poder visitar o que quero) e faço a refeição mais longa à noite (quanto as atrações já estão fechadas).

Cardápio Au Vieux Strasbourg

Em Strasbourg, tomei muito chocolate quente. Aliás, recomendo demais as chocolaterias da cidade, principalmente a Chocolat Noisette, onde tomei o chocolate mais gostoso dessa viagem e comprei muitos bombons. Ela tem dois endereços na cidade: 92 Grand’Rue e 38 Rue du Faubourg de Pierre.

Chocolat Noisette Strasbourg

* Reserve hotel para Paris e outras cidades do mundo com o Booking
* Compre seu seguro de viagem com a Real ou com a Mondial
* Para fazer passeios e excursões, contate a ParisCityVision
* Para transfer e passeios privados, contate a França entre Amigos
* Compre ingressos fura-fila para várias atrações de Paris e outras cidades com a Ticketbar
* Alugue um carro com a Rentalcars
* Saiba mais sobre Cursos de idiomas no exterior

Renata Rocha Inforzato

<p>Sou de São Paulo, e moro em Paris desde 2010. Sou jornalista, formada pela Cásper Líbero. Aqui na França, me formei em História da Arte e Arqueologia na Université Paris X. Trabalho em todas essas áreas e também faço tradução, mas meu projeto mais importante é o Direto de Paris. Amo viajar, escrever, conhecer pessoas e ouvir histórias. Ah, e também sou louca por livros e animais.</p>

Comentários (22)

  • Anita Responder    

    17 de Março de 2014 at 14:16

    Dicas maravilhosas. A foto dos pratos quase exalou o perfume!!!
    Obrigada por mais uma matéria que nos aproxima da França.
    Abs

  • J Américo Dornelles Responder    

    17 de Março de 2014 at 21:12

    Oi Renata!
    Que vidinha boa essa,hein?Não sou ciumento,apenas fico imaginando e com água na boca.Continue viajando e se aerfeiçoando,pois da vida levamos a vida que a gente leva.
    Curta sempre.
    Abçs.
    Americo Dornelles

  • Katia Magalhães Responder    

    2 de Maio de 2014 at 4:55

    Oi,Renata
    Vou estar em outubro em Strsbourg e vamos,meu marido e eu ficar 5 noites lá.Já tomei nota das suas dicas e vou segui-las.Entretanto,voce que vive circulando conhece alguem
    (Pode ser até brasileiro ),que leve as pessoas para passear e não cobre um preço extor-
    sivo?Se conhecer por favor nos indique.
    Agradeço desde já por compartilhar suas experiencias e um abraço,
    Katia Magalhães

    • Renata Inforzato Responder    

      3 de Maio de 2014 at 21:06

      Oi Katia, não conheço nenhum guia lá, mas no Office de Tourisme da cidade, que fica ao lado da catedral, tem vários passeios em grupo pela cidade e não são caros. E tem vários temas interessantes. Chegando lá no Office, você pergunta e eles te mostram todas as opções e horários. Tem em inglês também. Aí você reserva e paga ali mesmo. Obrigada pela visita. Em breve vou publicar mais textos sobre Strasbourg. bjs

  • antenor lima de souza Responder    

    14 de junho de 2014 at 14:33

    Renata
    Obrigado pelas excelentes dicas. Por favor, em que hotel voce ficou aí em strasbourg?
    Procuro um hotel proximo a gare para facilitar as coisas. Até 350,00 tá bom.
    obrigado
    se voce pudeer enviar pelo email agradeço, pois, minha internet é discada e fraca

  • Vitor Cesar Morgado Responder    

    19 de Março de 2015 at 0:17

    Oi Renata.
    Estou indo pra Strasbourg em Janeiro e adorei as suas dicas dos restaurantes que pretendo conhece-los. Obrigado, sucesso e tudo de bom! Vitor Cesar

    • Renata Inforzato Responder    

      19 de Março de 2015 at 18:29

      Oi VItor, obrigadão! Espero que tenha uma ótima viagem. Tem mais textos sobre Strasbourg no blog para ajudar vc no roteiro. Um abração e sucesso tb

  • Luzia Rachel Responder    

    1 de Abril de 2015 at 19:41

    Estive em Strasbourg e segui sua sugestão: jamtei no “Au Vieux Strasbourg” – 5, rue Maroquin. Mto bom!!! Obrigada!

    • Renata Inforzato Responder    

      2 de Abril de 2015 at 20:19

      Oi Luzia, que legal esse seu feddback! Saber se alguém usou uma dica e se ela deu certo é bem legal. Obrigada mesmo por me contar. Um beijo

  • Beta Godoy Responder    

    1 de junho de 2015 at 20:19

    Renata,
    Estou com o meu marido em Estrasburgo e fomos jantar no Au Vieux Strasbourg.
    Segui a sua sugestão do prato principal e da sobremesa.
    Somente o vinho foi diferente.
    Pedi um bordeaux.
    Adorei!
    Já tinhamos ido ao La Petite Alsace e também foi ótimo.
    Muito obrigada.

    • Renata Inforzato Responder    

      5 de junho de 2015 at 17:58

      Oi Beta, eu que te agradeço por vir aqui contar como foi. Espero que sua viagem tenha sido ótima. Um beijão

  • Corinne Responder    

    31 de outubro de 2015 at 22:50

    Gostei muito das dicas! Já estão todas anotadas para a nossa viagem de final do ano. Bacana o site!

    • Renata Inforzato Responder    

      8 de novembro de 2015 at 23:23

      Oi Corinne, obrigada! Não deixe de conferir o Marché de Noël da cidade, é o maior da França. Um beijo

      • Watuzy Responder    

        10 de Fevereiro de 2016 at 3:53

        Oi Renata, estou planejando ir a Strasbourg, esses valores do restaurante ex. 19 euros é para uma pessoa? Ou duas? Bjos

        • Renata Inforzato Responder    

          11 de Fevereiro de 2016 at 14:44

          Oi Watuzy. É para uma, sempre viajo sozinha. Mas, caso aconteça de ir acompanhada, aí deixo assinalado para duas. Obrigada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Direto de Paris usa cookies para funcionar melhor. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close