Blogando

Retrospectiva 2015 – demorou, mas saiu

14 de janeiro de 2016

Sei que já é 2016 e que 2015 ficou para trás. Mas nunca é demais relembrar as coisas boas do ano que passou, não é verdade? Então, ainda é tempo de publicar a retrospectiva 2015 aqui do blog.

Retrospectiva
Paris

Não posso dizer que 2015 foi um ano ruim. Apesar da crise, que acontece na Europa também, foi um ano em que o blog cresceu e eu comecei, aos poucos, a me dedicar quase que exclusivamente a ele. Mas isso é consequência de duas conquistas importantes e que mudaram minha vida.

Retrospectiva

A primeira foi que, ainda no segundo semestre de 2014, eu obtive a cidadania italiana. Vou escrever ainda sobre isso. Mas com ela minha vida se tornou mais leve. É que, antes da cidadania, tive problemas com o visto de estudante e isso me atrapalhou bastante, pois entrei com processo em tribunal e tudo. Estava legal na França, mas ninguém sabia me informar se poderia viajar ou não, até mesmo sobre trabalhar havia dúvidas. Então, virar italiana me tirou um peso e tanto nos ombros. E foi no final de 2014, quase 2015, que recebi meu primeiro documento italiano e pude fazer as malas para passar o réveillon de 2014 para 2015 em Madri.

Retrospectiva
Madri

A segunda conquista na área pessoal foi terminar a faculdade. Isso aconteceu no final de maio. Depois de três anos estudando das 8h da manhã até às 17 horas, obter o diploma com as mesmas notas dos alunos franceses me encheu de orgulho. É que eu acreditava que não tinha dom para aprender outra língua, e isso desde adolescente. Então, conseguir terminar uma faculdade em francês me fez ver quanta bobagem a gente pensa sobre nós mesmos. E foi um diploma duplo: de História da Arte e Arqueologia.

Retrospectiva
Université Paris X – Vou sentir falta dos piqueniques no campus da faculdade

Então, sem problemas de visto e mais relaxada em relação aos estudos, o que fiz? Se você pensou viajar, acertou. Viajei bastante, misturando a diversão com o trabalho, afinal sou jornalista e blogueira de viagem.
A primeira delas já estava em andamento quando 2015 começou: Madri. Fazia tempo que queria ir, mas nunca dava. Como não ia dar para ir ao Brasil na época, então, comprei minha passagem e fui conhecer a capital espanhola. Adorei, principalmente a arquitetura e os museus, minhas paixões.

Retrospectiva
Madri
Retrospectiva
Madri – isso na água é gelo

Em fevereiro, fiz outra viagem, desta vez para uma cidade francesa. Foi a chance de conhecer Nancy, na região da Lorraine. É um lugar pouco conhecido dos brasileiros, mas que tem muita coisa interessante para ver. O conjunto arquitetônico da cidade do século XVIII é inscrito na lista de Patrimônios Mundiais da Unesco. Já escrevi bastante sobre a cidade. Se quiser saber mais sobre Nancy, é só clicar no link.

Retrospectiva
Nancy
Retrospectiva
Nancy

No final de abril, outra viagem. O lugar escolhido foi Troyes, uma cidade medieval relativamente perto de Paris, situada na região da Champagne-Ardenne (agora com a unificação virou Alsace-Champagne-Ardenne-Lorraine, mas vou usar o modo tradicional). É um lugar lindo e encantador, com o charme de uma cidade pequena, mas cheio de cultura. Ali também é uma meca de compras, pois tem vários outlets, onde a francesada, até de Paris, vai comprar produtos que vão de roupas a chocolates.

Retrospectiva
Troyes
Retrospectiva
Troyes

Um mês depois, outra trip, também na França. É que fui conhecer Dijon. Aí é outro lugar que sempre queria ir, mas vivia adiando. E é fantástico. A capital da mostarda é linda e, como várias cidades francesas, tem muito para mostrar. Para os amantes do vinho, é o paraíso, pois em Dijon mesmo há muitos bares à vin (bares onde podemos fazer degustação de vinhos) e na região rural e cidades vizinhas, como Nuits-Saint-Georges, há vários vinhedos e caves. E agora todo o conjunto histórico da cidade e os vinhedos desta parte da Bourgogne também fazem parte da lista da Unesco. Quando fui lá, foi antes do anúncio da entidade e todo mundo estava na torcida para que a região virasse Patrimônio Mundial e foi o que aconteceu.

Retrospectiva
Dijon
Retrospectiva
Dijon

Em agosto, nas férias de verão, resolvi realizar um antigo sonho: conhecer a Toscana. Passei uma semana na região conhecendo Florença e cidades como Pisa, Volterra e Pistoia. Também conheci duas blogueiras que escrevem sobre a Itália, a Deyse Ribeiro, do Passeios na Toscana e a Maria Arruda, do Viagem na Itália. A Deyse, que é guia de turismo na região, me ensinou muito sobre as cidades e me levou para conhecer lugares que sem ela com certeza não conseguiria ir. E a Maria viajou até lá para me conhecer. Adorei! Foram dias maravilhosos.

Retrospectiva
Florença
Retrospectiva
Pisa
Retrospectiva
Volterra

Só com essas viagens passei o meu número de 2014, mas ainda não terminou. No começo de novembro, fui para Londres conhecer a WTM. Trata-se da maior feira de turismo do mundo. É um lugar interessante para blogueiros por, principalmente, dois motivos. Primeiro porque entramos em contato com quem cuida da divulgação dos destinos e isso é fundamental para o nosso trabalho. Segundo, porque há programações especiais e palestras especialmente feitas para quem é travel blogger, que nos ajudam a melhorar nossos blogs. Nesse evento, tive a chance de conhecer vários blogueiros, que se tornaram meus amigos já.

Retrospectiva
Londres
Retrospectiva
Londres

E novembro foi o mês das viagens. Além dessa de Londres, fui para o Porto, para participar do IIEEBB (II Encontro Europeu de Blogueiros Brasileiros), realizado pela Rita Branco, do O Porto Encanta. Nem preciso dizer o quanto foi uma viagem especial, basta ler o post que escrevi sobre o Encontro. Na ocasião, pude rever várias pessoas queridas e ainda conhecer outras, blogueiros e pessoas que trabalham com turismo. Foi inesquecível!

Retrospectiva
Porto
Retrospectiva
Porto
Retrospectiva
Porto

E, além das viagens, ainda tem os lugares de Paris e arredores que visitei. Apesar de morar na cidade, continuo me encantando por ela, descobrindo coisas novas e tendo prazer em rever outras. E vou escrever sobre todas as atrações em que estive.

Retrospectiva
Château de Vaux-Le-Vicomte, nos arredores de Paris
Retrospectiva
Os jardins do castelo Vaux-Le-Vicomte, nos arredores de Paris
Retrospectiva
Isle-Adam, nos arredores de Paris

E, para finalizar 2015, no último dia do ano, vim para o Brasil. Passei literalmente a virada dentro do avião, com uma taça de champagne. Bom, dizem que aquilo que a gente faz meia-noite é o que faremos o resto do ano. Se for verdade, estou feliz, pois significa que vou passar 2016 viajando.

Retrospectiva
Igreja da Consolação, São Paulo

Enfim, não posso reclamar de 2015. Mas, se tudo isso aconteceu, foi graças a todos que acompanham o Direto de Paris. Eu fiz essas viagens principalmente para o blog, para conhecer, escrever e divulgar esses lugares. Claro que eu amo viajar, mas é esse amor por viagens e por Paris que me fez criar o Direto. Mas, se o blog não tiver leitores, de nada adianta. Assim, é graças a vocês que o Direto de Paris existe e continua crescendo, apesar de todas as dificuldades. E espero que continuemos juntos em 2016, que será um ano de mais novidades ainda. Obrigada mais uma vez, gente!

Retrospectiva
Pisa

As fotos deste texto foram tiradas com celular. Várias estão no Instagram @diretodeparis. Me segue lá!

Retrospectiva
Auvers-sur-Oise, nos arredores de Paris

* Reserve hotel para Paris e outras cidades do mundo com o Booking
* Compre seu seguro de viagem com a Real ou com a Mondial
* Para fazer passeios e excursões, contate a ParisCityVision
* Para transfer e passeios privados, contate a França entre Amigos
* Compre ingressos fura-fila para várias atrações de Paris e outras cidades com a Ticketbar
* Alugue um carro com a Rentalcars
* Saiba mais sobre Cursos de idiomas no exterior

Renata Rocha Inforzato

Sou de São Paulo, e moro em Paris desde 2010. Sou jornalista, formada pela Cásper Líbero. Aqui na França, me formei em História da Arte e Arqueologia na Université Paris X. Trabalho em todas essas áreas e também faço tradução, mas meu projeto mais importante é o Direto de Paris. Amo viajar, escrever, conhecer pessoas e ouvir histórias. Ah, e também sou louca por livros e animais.

Comentários (18)

  • Arlei Responder    

    14 de janeiro de 2016 at 17:18

    Parabéns pelo blog! Procuro acompanhar sempre e manter-me ‘conectado’ a Paris através das suas fotos e comentários. Boas viagens em 2016 e obrigado pelas dicas sempre úteis! Abraço

    • Renata Inforzato Responder    

      14 de janeiro de 2016 at 17:39

      Oi Arlei, eu que agradeço a você pela confiança. Que você tenha um 2016 cheio de coisas boas. Um abração

  • Valéria Responder    

    14 de janeiro de 2016 at 17:26

    Parabéns pelas suas conquistas de 2015. Lhe desejo no mínimo o dobro em 2016!

  • deborah matt Responder    

    14 de janeiro de 2016 at 17:43

    Rê querida, amo seu BLOG (você sabe!) e admiro muito a capacidade que você tem de cativar seu leitor, tanto pela maneira como seu BLOG é, visualmente, como a maneira como você escreve e descreve lugares, viagens e passa sempre um pouco sobre a pessoa doce e corajosa que você é!
    Com certeza em 2016 teremos muito mais viagens e dicas suas, OBA!!!!!
    BEijão!!!

    • Renata Inforzato Responder    

      16 de janeiro de 2016 at 22:54

      Oi Deb, obrigadão por me apoiar e estar sempre comigo. Seus comentários sempre me deixam mais feliz e me dão boas ideias. Que 2016 seja cheio de saúde, amor, paz, dinheiro e viagens, para você me visitar rsrsrs. Enquanto não dou o beijo e abraço pessoalmente, deixo aqui um beijão para você

  • Renate Responder    

    14 de janeiro de 2016 at 20:15

    Renata, parabéns por suas conquistas. Você é iluminada menina!
    Desejo que você tenha em 2016 muita saúde, paz, amor e sabedoria para continuar com seu maravilhoso projeto de vida e poder nos presentear com estas informações maravilhosas e prestativas que você coloca a nossa dispopsição.
    Seu Blog é maravilhoso!!!!!!
    Nancy e Troyes serão meus destinos na próxima viagem que farei a Paris…..

    Bjs.

    • Renata Inforzato Responder    

      16 de janeiro de 2016 at 22:51

      Oi Renate! Nem sei como agradecer um comentário tão cheio de gentilezas e boas vibrações. Obrigada de coração. Desejo também a você que este ano de 2016 seja cheio de coisas maravilhosas, não só para você como também para quem você ama. Espero que o blog continue te ajudando e que você volte logo a Paris, para conhecer Nancy, Troyes e outras cidades mais que você quiser. Um beijão

  • Valéria bordin Responder    

    14 de janeiro de 2016 at 22:31

    Renata
    Super parabéns pelo voo e por suas conquistas. É incrível quando nos superamos e realizamos o que não acreditavamos que seria possível. Seu blog é contagiante ,espero suas postagens e literalmente viajo em cada uma delas. ADORO. Venho desenvolvendo um blog sobre alimentação e sua forma de escrever é uma inspiração. Amo viajar como vc e desejo que este ano esteja repleto de novos lugares e novos olhares para que eu possa continuar viajando no diretodeparis.

    • Renata Inforzato Responder    

      16 de janeiro de 2016 at 22:48

      Oi Valéria! Poxa, obrigada, fiquei muito tocada pelo seu comentário. Às vezes, quando escrevemos não temos noção do quanto tocamos as pessoas, e comentários como o seu ajudam bastante e dão mais ânimo para continuar. Obrigada de coração. E espero que 2016 seja um ano de muita felicidade, paz, amor e sonhos realizados para você e sua família. Um beijão

  • Maria Arruda Responder    

    15 de janeiro de 2016 at 11:48

    E que 2016 seja ainda melhor pra você!

    Muita saúde (acima de tudo), paz espiritual e sucesso profissional!

    Até o nosso próximo encontro 🙂

    Beijos e abraços.

    Maria

    • Renata Inforzato Responder    

      16 de janeiro de 2016 at 22:38

      Oi Maria, obrigada! Desejo em dobro para você: muita paz, saúde e sucesso e que a gente se reencontre logo. Adorei te conhecer. Um beijão

  • angela Responder    

    15 de janeiro de 2016 at 21:43

    Boa Noite, Renata.
    Parabéns pelo texto e que 2016 seja muitas vezes mais animado e feliz que 2015.

    abraços

    • Renata Inforzato Responder    

      16 de janeiro de 2016 at 22:36

      Oi Angela, obrigadão! Desejo também para você um 2016 muito feliz, cheio de saúde e sonhos realizados. Abração

  • vania Responder    

    19 de janeiro de 2016 at 20:15

    Parabéns pelo blog e espero ler mais em 2016!.
    O profissionalismo é evidente no seu texto, já virou referência … se você indicou deve ser muito bom!. Foi assim com Provins que acabei visitando no último dia da minha viagem em 2015 … cidade muito linda!. Vi um campo de trigo (ao redor da fortaleza) que não esquecerei jamais … foi mágico!.
    Gratidão pelo seu trabalho e dedicação! Muito sucesso em 2016!.

    • Renata Inforzato Responder    

      20 de janeiro de 2016 at 20:42

      Oi Vania, você não imagina quanto fico feliz lendo seu comentário e vendo que minha paixão por Provins já ficou contagiosa. Eu que te agradeço por acompanhar o blog e meu trabalho. Espero que você também tenha muito sucesso e viagens em 2016. Um beijão

  • Vinicius Responder    

    18 de fevereiro de 2016 at 22:58

    Renata, parabéns pelo blog!
    Conheci ele a pouco tempo e vou acompanhar cada vez mais. Também vou fazer um intercâmbio de duplo diploma em Paris, por 2 anos, e com as leituras aqui do blog posso ver um pouco mais do que vou encontrar na França, indo além dos pontos que todo mundo já ouviu falar.
    Eu adoraria ler um texto seu sobre como foi o reconhecimento da sua cidadania italiana. Estava pensando em aproveitar esse intercâmbio e tentar fazer o processo em Paris, na esperança de fugir um pouco das filas brasileiras. 🙂 Tenho várias dúvidas, principalmente por conta do visto de estudante e do tempo, e acho que seu relato pode ajudar diversas pessoas na mesma situação!
    Que seu blog cresça cada vez mais…

    Abração,
    Vinicius

    • Renata Inforzato Responder    

      19 de fevereiro de 2016 at 13:18

      Oi Vinícius, obrigadão pelo comentário. Olha, infelizmente quem tem visto de estudante não pode fazer o processo em Paris. Eu também não pude. O que eu fiz foi ir para a Itália fazer o processo lá, com um pessoal muito bom, meus parceiros, o que me permitiu ficar pouco tempo lá. Vou falar sobre isso aqui ainda. Um abração

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Direto de Paris usa cookies para funcionar melhor. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close