Blogando

Retrospectiva 2017 – Viajando pela França

6 de janeiro de 2018

É gostoso ver o ano terminar e pensar no que fizemos durante este período. Já faz um dois anos também que gosto de escrever uma retrospectiva aqui para o blog, como esta que vocês vão ler agora.

França
Logis Royal de Loches, no Vale do Loire

Era para eu ter feito este texto antes, ainda em 2017, mas aconteceu uma série de coisas que me deixaram offline. Primeiro que estou fazendo um curso que vai ajudar muito nas minhas atividades aqui no blog, mas só irei divulgar essa novidade daqui a alguns meses. Já os outros motivos não foram tão bons: em menos de um mês perdi minha máquina fotográfica e meu celular. Perdi mesmo, esquecendo no trem. Acho que preciso de umas férias…

França
Vernon, na Normandia

Então, voltemos à retrospectiva. Em janeiro, assim como fiz em 2016, fui ao Brasil ver minha família. Depois de um ano de trabalho intenso, é reconfortante ver minha mãe, irmãos, cunhadas, sobrinhos, amigos, animais e por aí vai. Não saí de São Paulo, mas aproveitei para passear na cidade e ver o que mudou. É engraçado que, quando você mora fora, esse olhar para o lugar onde você foi criado tem dois aspectos: um é o olhar de intimidade, aquela cidade ainda é a que te viu nascer e/ou crescer e onde você viveu muitos anos. O outro olhar é o de distância, quase como o de turista: você vê o que mudou, mas você não faz mais parte da vida ali.

França
Nunca é fácil me despedir da minha mãe

Em março, voltei para Paris e, logo no dia 31, fiz a primeira viagem de 2017 em terras gaulesas: fui para Arras, que fica no norte da França. Essa cidade sofreu muitos bombardeios durante a Primeira Guerra Mundial, mas ainda preserva uma bela arquitetura. Entre 2014 e 2018, é comemorado o centenário desta Grande Guerra e, assim, pude ver no centro da cidade uma série de painéis com biografias de soldados que lutaram no conflito, muitos deles mortos em batalha. Além disso, Arras conta com várias atrações que lembram a Primeira Guerra, como, por exemplo, subterrâneos e cemitério militar. Não está sendo fácil fazer a pesquisa para escrever as matérias sobre a cidade, é muito material que reuni, mas a primeira vai sair em breve.

França
Arras vista do alto

A segunda viagem pela França foi em junho. Desta vez, escolhi Vannes na região da Bretagne (Bretanha). Tenho vários livros e revistas sobre esta parte do país, que é uma das mais bonitas, e ficava babando nas fotos. Aí resolvi conhecer. E foi amor à primeira vista. O lugar que escolhi, o Golfe de Morbihan, é de tirar o fôlego e mistura aspectos franceses com características bem particulares. Como dizem aqui na França: a Bretanha é uma região de “caractere”. Não sei como vou explicar em palavras. Aproveitei para visitar duas belas ilhas dos arredores: a Île d’Arz e a île-aux-Moines. E vou explorar a outra parte desta área este ano. Me aguardem!

França
Vannes

Depois, em julho, fui ao Vale do Loire. Escolhi a cidade de Tours como base para visitar ou rever alguns castelos. Além de passear bastante pela própria cidade, visitei com mais calma a Fortaleza de Chinon. Na minha primeira viagem para lá, passei rapidamente por ali e mal visitei a construção. Desta vez, pude passar uma noite na cidade de Chinon e ver tranquilamente todas as atrações. Também revi os castelos de Azay-le-Rideau e Villandry, que são magníficos. E revi também a cidade de Loches, que vale também um dia todo de passeio. Nem é necessário falar que preciso voltar para a região de Tours, pois tem um monte de lugar que não consegui visitar.

França
Tours, no Vale do Loire

Em setembro, voltei ao Vale do Loire, mas desta vez para a região de Blois. Revi o Château de Blois e seu espetáculo de Son & Lumière, assim como os amigos que fiz ali. Passeei bastante pela cidade e aproveitei para conhecer dois lugares da região que ainda não conhecia: o castelo de Beauregard, que é pequeno em comparação aos outros, mas igualmente lindo e interessante, e a cidade de Beaugency, com seu château. Aliás, essa cidadezinha foi a minha paixão nessa viagem. Linda, calma, ainda desconhecida pelos turistas e super hospitaleira. Sempre tive sorte de ser bem tratada nos lugares aonde vou, mas Beaugency superou minhas expectativas. Em breve vou contar tudo. Nesta viagem, também aproveitei para rever Chambord e fazer o passeio de jipe pela sua floresta. E finalmente conheci o castelo de Chaumont-sur-Loire e seu festival de jardins. Nem preciso dizer que é lindo! Tirei tantas fotos que vou ter problemas para escolher na hora de fazer a matéria.

França
A cidade de Blois

Em novembro foi a vez de rever Dijon. Eu tinha ido em 2015, mas muita coisa ficou de fora e eu queria visitar mais atrações antes de escrever sobre a cidade. Então, voltei. Foi interessante visitar o lugar no outono, já que a minha primeira viagem aconteceu na primavera. E posso dizer que é difícil dizer em qual época ela é mais linda. Aproveitei também para rever Nuits-Saint-Georges, onde visitei as igrejas históricas e caves.

França
Dijon

E, para fechar o ano, em dezembro escolhi um destino de Natal. E aqui na França onde mais poderia ser? Claro, na Alsace (Alsácia). E, apesar do frio, não me arrependi. Que cenário de sonhos, de contos de fadas! Escollhi como base a cidadezinha de Munster, conhecida pelo queijo de mesmo nome. O lugar é encantador e fácil para ir a todos os lugares. Fica só a 20 minutos de trem de Colmar e é bem mais calma e barata nesta época do que a sua vizinha famosa. Além de ver de perto as tradições de Natal, ainda visitei cidades e vilarejos lindos, como Soultzbach-les-Bains, Gunsbach e Turkheim. Esta última foi meu grande amor lá e pretendo voltar na primavera, desta vez para passar a noite.

França
A cidadezinha de Munster

Também passeei muito aqui na minha região. Claro que fui para as Médiévales de Provins, em junho, visitei lugares impressionistas em Chatou e Croissy – que também ficam nos arredores de Paris -, e andei muito por Versailles, que não tem só o castelo para ser visitado. Ainda conheci outros lugares aqui da região, onde vou voltar com calma e máquina fotográfica para futuras matérias. Fiz também alguns bate e voltas em outras regiões: para Vernon, que fica na Normandia e é perto de Giverny, e para Lille, no norte da França. Mas na primavera vou voltar, pois ainda tem muito para ver antes de escrever as matérias sobre essas duas cidades.

França
Médiévales de Provins

Enfim, estas foram as viagens e alguns passeios. Em relação ao blog, as visitas cresceram, mas não anunciei nenhuma novidade: continuo com meus parceiros e fazendo a ponte entre quem quer vir estudar francês e algumas escolas de idiomas da França. Ao mesmo tempo, plantei várias sementes cujos frutos serão dados daqui alguns meses e por isso não vou adiantar nada agora. Mas, torçam por mim, para que em breve eu possa anunciar todas essas boas notícias que agora estão germinando. Enfim, 2017 foi bom, mas espero que 2018 seja ainda melhor para todos nós. Feliz Ano Novo!

França
Uma das praias da Île d’Arz, perto de Vannes, na Bretanha

* Reserve hotel para Paris e outras cidades do mundo com o Booking
* Compre seu seguro de viagem com a Real ou com a Mondial
* Para fazer passeios e excursões, contate a ParisCityVision
* Para transfer e passeios privados, contate a França entre Amigos
* Compre ingressos fura-fila para várias atrações de Paris e outras cidades com a Ticketbar
* Alugue um carro com a Rentalcars
* Saiba mais sobre Cursos de idiomas no exterior

Renata Rocha Inforzato

Sou de São Paulo, e moro em Paris desde 2010. Sou jornalista, formada pela Cásper Líbero. Aqui na França, me formei em História da Arte e Arqueologia na Université Paris X. Trabalho em todas essas áreas e também faço tradução, mas meu projeto mais importante é o Direto de Paris. Amo viajar, escrever, conhecer pessoas e ouvir histórias. Ah, e também sou louca por livros e animais.

Comentários (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Direto de Paris usa cookies para funcionar melhor. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close