Comer & Beber

Restaurante em Paris – L’Arcade Haussmann

23 de fevereiro de 2017

A região em torno da Gare Saint-Lazare é cheia de opções de lugares para comer. Ali encontramos vários tipos de estabelecimentos e cozinhas. Desta vez, vou falar de uma brasserie tradicional que tem por ali: o L’Arcade Haussmann.

Restaurante em Paris

Fui ali algumas vezes, sempre fui bem atendida e saí satisfeita com a comida. O L’Arcade é uma brasserie tradicional. Isto quer dizer: um tipo de restaurante e bar, que serve pratos o dia todo e cujo menu propõe especialidades que são comuns de serem encontradas neste tipo de lugar, como o entrecôte com fritas, por exemplo.

Restaurante em Paris

Da última vez em que estive neste restaurante era umas 18 horas e muitos estabelecimentos da região só abririam para refeições às 19 horas. Mas, como eu estava morrendo de fome e não podia esperar, segui direto para o L’Arcade. No jantar, ao menos no dia em que fui lá, não havia a opção de fórmula, dessas que você pede entrada/prato ou prato/sobremesa com preços fixos. Os pratos eram todos à la carte. Então, pedi tagliatelles à la carbonara com lâminas de parmesão como prato principal. Estava bem gostoso.

Restaurante em Paris

Para acompanhar a refeição, pedi um vinho branco típico da Alsace, o Riesling. E, como não resisto a uma sobremesa, escolhi o Chocolat Liégeois, que é composto por sorvete ou creme de chocolate, coberto com chantilly e calda também de chocolate.

Restaurante em Paris

A refeição toda me custou 25 euros. Não é um valor caro se considerarmos a quantidade de comida no prato e a sua qualidade. O atendimento é bem simpático e o ambiente bem iluminado, com vários espelhos para refletir a luz da sala. A decoração é moderna e tradicional ao mesmo tempo, típica das brasseries parisienses. Vale a pena conhecer.

Restaurante em Paris
Na parede, os nomes dos vinhos e espumantes franceses

L’Arcade Haussmann
82 Boulevard Haussmann
75008 Paris
Horários: todos os dias, das 6h30 às 23 horas.
Telefone: +33 1 43 87 48 42
Metrô Saint-Lazare – linhas 3,12, 13 e 14
Saint-Augustin – linha 9

Restaurante em Paris

* Reserve hotel para Paris e outras cidades do mundo com o Booking
* Compre seu seguro de viagem com a Real ou com a Mondial
* Para fazer passeios e excursões, contate a ParisCityVision
* Para transfer e passeios privados, contate a França entre Amigos
* Compre ingressos fura-fila para várias atrações de Paris e outras cidades com a Ticketbar
* Alugue um carro com a Rentalcars
* Saiba mais sobre Cursos de idiomas no exterior

Renata Rocha Inforzato

Sou de São Paulo, e moro em Paris desde 2010. Sou jornalista, formada pela Cásper Líbero. Aqui na França, me formei em História da Arte e Arqueologia na Université Paris X. Trabalho em todas essas áreas e também faço tradução, mas meu projeto mais importante é o Direto de Paris. Amo viajar, escrever, conhecer pessoas e ouvir histórias. Ah, e também sou louca por livros e animais.

Comentários (3)

  • Sergio Leomil Responder    

    10 de abril de 2017 at 19:18

    Renata, parabéns pelo site, simplesmente divino. Estamos, mulher e eu, programando para setembro.17 viagem a Paris, na verdade parte da França na medida que ficaremos por 20 dias, aproximadamente. Suas dicas são ótimas e acredite estamos “viajando” nelas. Em 1995, quando então trabalhava para a Alcatel fui a Paris e um colega de empresa me apresentou um local chamado Le Vieux Paris, em Marais. Um local pequeno onde um sanfoneiro mexicano distribua um papel com letra de uma música, todos cantavam (um karaokê coletivo) recolhia-se o papel, distribuía-se outro e com outra música e assim sucessivamente. Havia duas atendentes e tal como sanfoneiro já de bastante idade. Não serviam nenhum tipo de comida, apenas bebida. Bem não preciso dizer que mesmo sem falar uma palavra em francês entrei no clima e cantei. Achei o local tão delicioso que foi o meu mais entusiasmado comentário sobre Paris. Querendo repetir a experiência e também apresentar o local para minha mulher, daqui do Brasil tentei encontrar o local, bem como, o conhecido do tempo da Alcatel, buscas infrutíferas. Você conhece(u) essa casa ou se ainda existe? Não tenha dúvida que iremos seguir em muito suas sugestões. Grato e abraço.

    • Renata Rocha Inforzato Responder    

      15 de abril de 2017 at 23:27

      Oi Sergio. Que relato interessante! Em uma pequena pesquisa não achei o lugar. Mas vou pesquisar melhor e se achar vou lá. Pode deixar. Boa viagem para vocês, um abração

  • Analuiza (Espiando Pelo Mundo) Responder    

    16 de abril de 2017 at 21:20

    oi Renata… Ainda não estive em Paris e não saberia te dizer a razão, mas sempre a adio como destino. E não tenho ideia mesmo do porque, uma vez que ao ler textos como esse, que falam de deliciosas experiências gastronômicas na cidade, em lugares charmosos eu fico atraída na dimensão de querer estar sentada ai agora, degustando tagliatelles à la carbonara com lâminas de parmesão acompanhado de um vinho branco, encerrando com um Chocolat Liégeois! Quase morri de tanta vontade! 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Direto de Paris usa cookies para funcionar melhor. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close