Provins

Médiévales 2015 de Provins – dois dias de imersão na Idade Média

21 de junho de 2015

No final de semana passado, 13 e 14 de junho, aconteceram as Médiévales de Provins. Foi a 32ª edição desta festa medieval, que é uma das maiores da Europa. Desde que vim morar em Paris, vou a todas as edições e não me canso de escrever, pois é super interessante e nunca é repetitiva. Então, se você gosta de festa e história, dê uma olhada no que rolou esse ano.

Médiévales de Provins

O tema da 32ª Médiévales foi a infância e os jogos. Então, se as crianças já são numerosas e se divertem nos dois dias de festa, esse ano foi ainda mais. Elas participam de várias atividades espalhadas por todo o centro histórico, como aprender arco e flecha, jogos medievais (e vários deles bem atuais), torneios, ateliês de maquiagem, de desenho, para aprender a fazer pão, a tecer, etc. E ensinavam também!

Médiévales de Provins

Médiévales de Provins

Médiévales de Provins

Havia até uma área com animais, que levou os pequenos à loucura. Eles podiam entrar, brincar e acariciar os bichinhos.

Médiévales de Provins

Claro que os adultos se divertem também. Como todos os anos, havia o acampamento medieval, que mostrava como era vários aspectos da vida, da guerra e do trabalho na Idade Média. O que me surpreende é que a cada ano esses acampamentos estão mais detalhistas e maiores.

Médiévales de Provins

Médiévales de Provins

E tudo é explicado com muito bom humor e numa linguagem com mais gestos e teatro do que palavras. Então, mesmo quem não entende francês pode entender o que estão explicando ali.

Médiévales de Provins
Aprendendo como era a tortura na Idade Média

Havia também o acampamento dos leprosos, onde até a morte é tratada sem complexos. As crianças ficam bem curiosas.

Médiévales de Provins
Cemitério dos leprosos

Na área da Collégiale Saint-Quiriace fica a parte dedicada aos livros e ao desenho. Há estandes de livrarias especializadas, como o de uma livraria sobre história e cultura celtas, por exemplo. Vários autores e ilustradores ficam ali dando autógrafos e conversando com o público. É praticamente um salão do livro medieval. É nesta parte da festa que são abordados também o universo de medos e crenças da Idade Média.

Médiévales de Provins

Médiévales de Provins

Pelas ruas da parte histórica da cidade, várias barracas com produtos de inspiração medieval, feitos por artesãos de várias partes da França. Fora aquelas com comida e produtos típicos de cada região.

Médiévales de Provins
Bijuterias e vitrais
Médiévales de Provins
A artesã

Médiévales de Provins

Outra atração das Médiévales são as apresentações artísticas. Tem música, dança, malabaristas e até teatro, mostrando como era a arte na Idade Média. E, repito, não é preciso saber francês para entender e se divertir. Por toda a cidade histórica e na Collégiale Saint-Quiriace há shows toda hora.

Médiévales de Provins
Apresentação de teatro

O lugar mais central da festa é a Place du Châtel, no coração do centro histórico de Provins. Ali é montado um palco onde ocorrem alguns shows. Um deles foi Les Perroquets d’Elodie Houdas. Por ser um número de dança com aves, tinha receio de ver. Mas elas são bem tratadas (fui conferir depois). E durante a apresentação, a artista escolhe algumas pessoas e dá um pouquinho as aves para elas.

Médiévales de Provins
Les Perroquets d’Elodie Houdas. Um show de dança com araras, cacatuas. As aves são bem tratadas

Médiévales de Provins

Médiévales de Provins

Eu já escrevi sobre as Médiévales antes, mas esse ano foi diferente porque acabei dormindo na cidade e participando no sábado também. Até o ano passado, só fui aos domingos. Assim, nesta edição, pude presenciar todos os grandes momentos da festa e tirar muitas fotos – e filmei muita coisa também. Vamos a eles?

Médiévales de Provins

Primeiro, quero explicar que tudo o que descrevi até agora funciona nos dois dias da festa, no sábado e no domingo, do começo ao fim. Já o que eles chamam de Grandes Heures tem hora certa para acontecer.

Médiévales de Provins

No sábado, apesar das Médiévales começarem às 10 da manhã, é no início da tarde que acontece a abertura oficial. Nesse momento, ocorre a entrega das chaves da Provins ao Primeiro Échevin da cidade. Na Idade Média, os senhores feudais encarregavam um magistrado para cuidar da Justiça em suas terras. Era o Échevin.

Médiévales de Provins

Nessa hora ocorre também uma apresentação das principais atrações artísticas das Médiévales, como uma prévia do que está por vir. Além das bandas que vão tocar no show medieval (que vou falar logo abaixo), um dos principais destaques da festa é o Gruppo Storico e Sbandieratori Città di Castiglion Fiorentino, ou seja, um grupo de lançadores de bandeiras vindos de Castiglion Fiorentino, na Itália. É muito legal a apresentação deles, como vocês podem ver um trecho no vídeo. Eles também se apresentavam andando pela cidade, mas, nesse caso, só consegui filmar um pouco.

Depois, às 20 horas acontece o Baile Medieval. Qualquer um pode participar, estando com roupas medievais ou não. Uma animadora e duas companhias de dança vão explicando como dançar, mas no final é tudo uma grande diversão. Olha só a foto e o vídeo.

Médiévales de Provins

Às 22 horas, acontece o grande momento do sábado: o Show Medieval. Nesse ano, foram três bandas e foi super legal. Fica lotado e é bem animado. Apesar da hora, as crianças participam também e dançam muito. É uma grande confraternização e um dos melhores momentos que passei até hoje em Provins.

Médiévales de Provins

O primeiro grupo a se apresentar foi o Les Pies. Esse foi um pouco difícil gravar porque eles convidaram as crianças para subirem ao palco e elas pulavam bastante. Eles se denominam um grupo de rock burlesque medieval. Seja lá o que significa isso, é bem divertido. Olha só o vídeo.

O segundo conjunto se chama Les Compagnons du Gras Jambon. O som deles também é super interessante e meio que hipnotizou a galera. Eles cantam músicas baseadas em lendas de várias partes da Europa, como a Escandinávia e até as ilhas Faroé. Também filmei.

Para fechar o sábado, quem subiu ao palco foi a Compagnie Tornals. O show deles é resultado de muita pesquisa sobre a musicalidade da Idade Média. Eles cantam lendas medievais e até músicas da cultura religiosa da época. O ponto alto do espetáculo foi quando o bailarino Ibrahim Hassan subiu ao palco e fez uma apresentação de dança tanoura, da tradição do Egito. Foi uma verdadeira mistura de culturas e o público foi ao êxtase. O vídeo é longo, mas vale muito a pena ver (mesmo que você não leia mais nada depois).

Já era quase 1 da manhã e quem disse que alguém queria ir embora? Mas era preciso descansar, pois ainda tinha o domingo de festa.

Médiévales de Provins

Quem perdeu o show não tem problema, pois os grupos permanecem nas Médiévales e fazem apresentações no domingo no palco e também andando pela cidade. Nesse segundo dia de festa, além do acampamento, das barracas, da feira do livro, etc, tem o Desfile, o ponto alto do evento, que acontece às 15h30.

Médiévales de Provins

Qualquer pessoa vestida com roupas medievais pode desfilar. O pessoal leva a sério o negócio e vai tocando e alguns até dançando de forma sincronizada. São, mais ou menos, 600 participantes. Visitantes, moradores e artistas se misturam e interagem com aqueles que preferem assistir. Como o cortejo passa por todo o centro histórico, ele dura mais de uma hora.

Lembrando que, durante os dois dias da festa, os monumentos ficam abertos e os shows com as aves (Les Aigles des Remparts) e de cavaleiros (La Légende des Chevaliers) – que acontecem de abril a novembro – têm mais horários de apresentações. Mas tanto os museus, monumentos quanto os shows são pagos a parte.

Médiévales de Provins
A Tour César

Se você se interessou pela festa e quer saber mais sobre Provins, dá uma olhada nesse post sobre a cidade. Sobre as outras edições das Médiévales, você pode clicar aqui, aqui e aqui(tem mais vídeos sobre o Desfile). Também tem mais gravações no canal do Youtube do blog. Se você tem planos de vir para a França em junho, um conselho: não perca as Médiévales. É uma experiência para nunca mais esquecer. As datas para 2016 sairão em breve.

Médiévales de Provins
Todo ano um final de semana mês de junho
Tarifa (2015): 1 dia – 10 euros. 2 dias – 14 euros.
Para pessoas com roupa medieval: 4,50 euros por 1 dia ou 5 euros pelos dois dias
Crianças até 12 anos não pagam

Médiévales de Provins
Um casal super simpático com quem conversei bastante

Como ir a Provins:
Na Gare de l’Est, você pega o trem direto para Provins. O bilhete ida e volta custa mais ou menos 23 euros. Mas você também pode usar o seu passe Paris Visite, zonas 1 a 6.
O trajeto dura em torno de 1h30.
Outro modo é pegar o RER A e ir até Marne la Vallée e depois pegar o ônibus 50 até Provins. Mas esse trajeto é mais longo, dura em torno de 2 horas. O preço, ida e volta, é em torno de 20 euros (somando ônibus e RER).
Terceiro modo: RER D até Melun e ônibus 47 até Provins. O preço total da viagem sai em cerca de 20 euros (ida e volta, RER e ônibus), mas o trajeto é mais longo de todos, cerca de 2h15.
Mais informações aqui

Para ir de carro, consulte o Via Michelin

Você também pode ir a Provins com um dos parceiros do blog. Mais informações nesse link

Médiévales de Provins

* Reserve hotel para Paris e outras cidades do mundo com o Booking
* Compre seu seguro de viagem com a Real ou com a Mondial
* Para fazer passeios e excursões, contate a ParisCityVision
* Para transfer e passeios privados, contate a França entre Amigos
* Compre ingressos fura-fila para várias atrações de Paris e outras cidades com a Ticketbar
* Alugue um carro com a Rentalcars
* Saiba mais sobre Cursos de idiomas no exterior

Renata Rocha Inforzato

Sou de São Paulo, e moro em Paris desde 2010. Sou jornalista, formada pela Cásper Líbero. Aqui na França, me formei em História da Arte e Arqueologia na Université Paris X. Trabalho em todas essas áreas e também faço tradução, mas meu projeto mais importante é o Direto de Paris. Amo viajar, escrever, conhecer pessoas e ouvir histórias. Ah, e também sou louca por livros e animais.

Comentários (5)

  • vania Responder    

    23 de junho de 2015 at 14:29

    Fui a esta cidade em Maio deste ano depois que li seu post … gostei muito. É uma cidade muito charmosa e embora não tenha visto os shows medievais, recomendo este passeio se estiver em Paris. O que mais gostei no entanto, foi o imenso campo de trigo ao redor da muralha … muito lindo!. Grata pela dica. Sou fã deste blog!

    • Renata Inforzato Responder    

      24 de junho de 2015 at 10:42

      Oi Vania, muito obrigada pelo seu comentário e por acompanhar o blog. É um prazer saber disso. Um beijo

  • abraao chagas de andrade Responder    

    31 de julho de 2015 at 14:27

    olá Reanata.
    vi as fotos e os relatos que você descreveu dos eventos acima,sensacional,embora nunca tenha ido a França,amo este paiz,pela sua história,achei interessante mesmo,
    gostei de verdade,assim que meu computador pessoal estiver pronto irei ver os videos
    que você fez,também gosto de história e faço pintura nas horas vagas ,depois enviarei para você,duas fotos das telas,incluindo da grande heroína desta nação Joana Darc,um abraço sucesso em sua vida,e tudo de bom.

  • Direto de Paris - Jornalismo em Paris Responder    

    28 de junho de 2016 at 23:53

    […] escrevi bastante sobre as Médiévales: tem a edição 2012, 2013, 2014 e 2015, todas publicadas aqui no blog. Mas não poderia deixar de registrar a deste ano, com tudo o que vi […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Direto de Paris usa cookies para funcionar melhor. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close