Carpentras

As delícias de Carpentras, na Provence

10 de novembro de 2017

Hoje, o texto do blog está cheio de coisas gostosas. O tema é as delícias de Carpentras, cidade da região da Provence. Produtos típicos, bons endereços, restaurantes, tudo de bom que o lugar oferece.

Delícias de Carpentras

Quando planejamos uma viagem, é importante considerar também a gastronomia e os produtos típicos da região que vamos conhecer. Isso porque além de ser uma delícia provar as iguarias locais, é a chance de entender um pouco mais do lugar. Por isso a decisão de escrever também sobre as delícias de Carpentras. Então, vamos a elas:

Delícias de Carpentras

Trufa Negra – Conhecida como diamante negro, ou, aqui no caso, como a pérola negra do Comtat (Comtat Venaissin é o nome da antiga região onde fica Carpentras). Iguaria de inverno e encontrada ao “azar” pelos produtores e seus cães, a região de Carpentras é uma das maiores produtoras da França.

Delícias de Carpentras

É na cidade, no pátio do Hôtel-Dieu, que acontece o Marché des Truffes. É uma negociação, a mais importante da França, que acontece de metade de novembro até começo de março, às sextas-feiras de manhã, por volta das nove horas. Muito discretamente, os produtores e compradores do atacado (donos de comércios, de restaurantes, etc) negociam o preço, tocando e sentindo as trufas. O evento dura mais ou menos uma hora. É a partir dessa “bolsa de valores de trufas” que o preço, sempre elevado, do produto é fixado em toda a região. A trufa é tão importante em Carpentras que tem até um grupo dedicado a ela: a Amicale Truffe Passion de Carpentras.

Delícias de Carpentras

Paralelamente a essa negociação, acontece, do lado de fora do Hôtel-Dieu, em frente ao Office de Tourisme, o marché para o público em geral. Ali é a chance de conhecer pessoalmente os produtores, saber os segredos da trufa e, quem sabe, levar um pouco da iguaria. Essa feira acontece todas as sextas de manhã, de meados de novembro a começo de março, das 9h30 ao meio-dia. E no primeiro final de semana de fevereiro tem também o Festival de Trufas. Já entre maio e agosto, também às sextas de manhã, é a vez do Marché de Truffe de l’Éte. Essa feira, aberta a todos, é dedicada à trufa de verão.

Delícias de Carpentras

Morango de Carpentras – É outro produto rei na cidade. O clima provençal – Carpentras é uma das cidades mais quentes da França – facilita a cultura da fruta. A agricultura do morango começou a se desenvolver na região a partir do século XIX, graças à abertura do Canal de Carpentras. A região produz três tipos da fruta: pajaro, cifforette ou guariguette, que são encontrados, principalmente na primavera, nas feiras locais. E em Carpentras, há morango em diversos produtos, como geleias, doce, bolos e até em menus especiais nos restaurantes. A “Fraise de Carpentras” é marca registrada desde 1987 e tem até uma confraria, que participa de várias manifestações pela França.

Delícias de Carpentras
A Confrèrie de la Fraise de Carpentras na Fête des Vendanges de Montmartre, em Paris

Berlingot – Como alguém que adora doce, tai uma das coisas que mais gostei em Carpentras. Berlingot é uma bala de frutas, decorada por pequenas listras brancas. Na verdade, é feita com xarope de frutas cristalizadas e depois aromatizadas com um dos seguintes sabores: anis, menta, laranja, limão, morango ou cereja. É uma delícia! Segundo a tradição, ela foi criada, em 1310, por um funcionário do papa Clément V, que morava na cidade. O doce teve uma indústria poderosa até a década de 1970, e, felizmente com o turismo, o interesse voltou a crescer. Estando na cidade, podemos ver a confecção dos berlingots na Confiserie du Mont Ventoux. Basta contatar a doceria ou o Office de Tourisme da cidade (endereço do Office mais abaixo no texto).

Delícias de Carpentras

Confiserie du Mont Ventoux
1184 Avenue Dwight Eisenhower
84200 – Carpentras
Horários: de terça a sábado, das 9h às 12h e das 14h às 18h45.

Delícias de Carpentras

Frutas Cristalizadas – Aqui na França chamamos de Fruits Confits. E esta é mais uma especialidade de Carpentras e região desde o século XIX. Há uma variedade enorme delas, mas destaque para o morango cristalizado, já que ele é outra atração do lugar. Encontramos as frutas cristalizadas puras e também em diversos doces em várias docerias da cidade. Elas fazem parte das treze sobremesas de Natal, uma tradição provençal, e das comemorações de Páscoa.

Delícias de Carpentras

Marché de Carpentras – Com certeza você já ouviu falar do Marché Provençal, esta instituição do Sul da França, ao menos semanal, cheia de cores e sabores. É um verdadeiro paraíso para os amantes de frutas, verduras e outras delícias. O de Carpentras acontece o ano todo, às sextas-feiras de manhã, e reúne cerca de 350 feirantes. É a chance não só de comprar e provar frutas e legumes de ótima qualidade, mas também conhecer as especialidades da região, comprando direto do produtor.

Delícias de Carpentras

O ciclo das estações aqui na França é levado a sério, então, sempre o destaque é para os produtos da época. Também encontramos no marché flores, artesanato, tecidos, roupas, sapatos, etc. O Marché de Carpentras é um dos mais antigos da França, pois foi reconhecido por bula papal em 1155, pois a cidade fazia parte das terras dos papas. E é considerado “Marché d’Exception” desde 1996.

Delícias de Carpentras

Marché de Carpentras
Local: em toda a cidade
Todas as sextas-feiras de manhã.

Delícias de Carpentras

Marché des Producteurs – Já esta feira acontece às terças-feiras, às 17 horas, de abril a metade de outubro, em frente ao Office de Tourisme. Ela reúne cerca de 10 produtores, que vêm especialmente vender os produtos da estação para a população e aos turistas.

Delícias de Carpentras

Agora que sabemos quais as delícias de Carpentras, vamos aos comércios onde podemos encontrá-las.

Confiserie Clavel – Seus doces são fabricados de maneira artesanal há quatro gerações. Eles fazem e vendem berlingots, frutas cristalizadas, chocolates, sorvetes, doces típicos da região, etc. De acordo com a estação, é possível ver o trabalho dos doceiros. Há também demonstrações de preparação de frutas cristalizadas para grupos.

Delícias de Carpentras

Confiserie Clavel
Place Aristide Briand
84200 – Carpentras
Horários: de terça a sábado, das 9h às 19h. Domingo, das 10h às 19h. De 15/06 até 31/08: todos os dias, das 9h às 23h.

Delícias de Carpentras

Confiserie – patisserie Jouvaud – Existe desde 1948. Ela fabrica e vende frutas cristalizadas, chocolates e doces com produtos regionais, além de mel, bolos, balas e muito mais. Possui também um salão de chá.

Delícias de Carpentras

Confiserie – patisserie Jouvaud
40 rue de l’Evêché
84200 – Carpentras
Horários: todos os dias, das 9h às 19h30. Segundas, abre às 10h30.

Delícias de Carpentras

Fromagerie du Comtat – Para quem ama queijo, é o paraíso, de verdade. Para começar, a decoração é linda, insólita e já evoca o produto: galões de leite, inclusive no teto. O atendimento é maravilhoso: fui lá duas vezes e em ambas as vezes tive uma verdadeira aula sobre queijos. Claudine Vigier e sua equipe tocam a loja há mais de 30 anos e já são referência na região.

Delícias de Carpentras

A quantidade de tipos de queijo que eles vendem é imensa, tem de toda a França. Mas o destaque, é claro, vai para os queijos locais, como, por exemplo, o Tome d’Arles, o Pelardon, entre outros. Mas há também as criações de Claudine. Um exemplo: a Fourme de Dentelles de Montmirail, onde um vinho local, o Muscat de Beaumes de Venise, é injetado no queijo, que é amadurecido durante um mês. Eu o experimentei na minha primeira visita à loja e adorei. A Fromagerie vende também outros produtos, como vinhos, foie gras e salmão defumado. Grupos a partir de oito pessoas podem agendar uma degustação de queijos e vinhos regionais. Mas, se você for sozinho, quem sabe pode ter uma pequena aula, como eu tive.

Delícias de Carpentras

Delícias de Carpentras

La Fromagerie du Comtat
23 Place de la Mairie
84200 – Carpentras
Horários: de terça a sábado, das 8h às 12h30 e das 15h15 às 19h30.

Delícias de Carpentras

Espace Terroir Ventoux Saveurs – Office de Tourisme – Como se não bastasse tanto comércio gostoso para visitar, o próprio escritório de turismo da cidade tem seu espaço cheio de produtos regionais deliciosos. Em uma área de 100 metros quadrados, eles apresentam e vendem vinhos da região, incluindo o AOC Ventoux (de apelação de origem controlada), potes de mel de vários tipos, geleias, azeites de oliva, patês, trufas, doces típicos, lavandas, enfim, todos os tesouros deste cantinho da Provence.

Delícias de Carpentras

Há também animações e degustações dos produtos. Em um dos dias em que fui, comi uma deliciosa brouillade – um tipo de omelete com trufas negras – , em companhia da Lucile, do Office de Tourisme, e da Natália, do blog Destino Provence. Também no espaço, a cada semana, um vinho é colocado em destaque, com explicações sobre a sua produção e degustação.

Delícias de Carpentras

Delícias de Carpentras
A deliciosa brouillade

Espace Terroir Ventoux Saveurs
97 Place du 25 Août 1944
84200 – Carpentras
Horários: julho e agosto, de segunda a sábado, das 9h às 13h e das 14h às 19h. Domingos: das 9h30 às 13h. No resto do ano: segundas, quartas, quintas, sextas e sábados, das 9h30 às 12h30 e das 14h às 18h. Terças: das 9h30 às 12h30 e das 15h às 18h. Em dezembro: sábados e domingos, das 9h30 às 12h30 e das 15h à 18h.
Email: tourisme@carpentras-ventoux.com
Para mais informações, veja o site oficial

Delícias de Carpentras

Restaurantes
Fui a três restaurantes em Carpentras: um na minha primeira ida e dois na segunda. Difícil de falar qual foi o mais gostoso.

Chez Serge – Este é o restaurante mais famoso da cidade e talvez da região. Apesar de ser especialista em trufas, todos os seus menus são conhecidos pela qualidade e sabor. O proprietário e chef, Serge Ghoukassian, supervisiona o serviço de perto. Destaque também para a carta de vinhos, com os melhores rótulos da região, pois Serge também é sommelier.

Delícias de Carpentras

O menu que provei foi o Ventoux, com entrada, prato e sobremesa. Como entrada, a escolha foi Petits Raviolis du pays, crème de champignons (ravioles com creme de cogumelos). Já para o prato, escolhi Filet de boeuf, jus de Porto, pomme purée (Filé com molho de vinho do Porto e purê de batatas). E como sobremesa, optei por Pims Revisité, sorbet Orange (Pims revisitado com sorvete de laranja). Nem é preciso dizer que estava tudo uma delícia. Este jantar foi um convite do Office de Tourisme de Carpentras. O preço do menu vai de 17 euros até 69 euros (o mais caro é o de trufas).

Delícias de Carpentras

Delícias de Carpentras

Delícias de Carpentras

Chez Serge
90 Rue Cottier
84200 – Carpentras
Telefone: +33 (0)4 90 63 21 24
Horários: de junho a setembro, todos os dias, das 12h às 14h e das 19h30 às 22h. De outubro a maio, todos os dias, das 12h às 13h30 e das 19h30 às 21h30.

Delícias de Carpentras

La Petite Fontaine – Ele leva este nome porque seu terraço fica em uma praça com uma fonte (fontaine). Mas nos dias frios e chuvosos, o belo salão de decoração sóbria é bem aconchegante.

Delícias de Carpentras

Experimentei o menu completo, com entrada, prato e sobremesa. Como entrada, a opção foi um Velouté de potiron aux chataîgnes (Sopa cremosa de abóbora com castanhas). Estava deliciosa. Como prato, a escolha foi um Dos de Cabillaud (peixe), igualmente delicioso. E para sobremesa, escolhi um Fondant au chocolat glace vanille (Petit-gâteau de chocolate com sorvete de baunilha). Eu não paguei este jantar, pois foi também um convite do Office de Tourisme de Carpentras. Mas o preço do menu vai entre 16 e 30 euros, mais ou menos. E vale demais a pena!

Delícias de Carpentras

Delícias de Carpentras

La Petite Fontaine
13-17, place du Colonel Mouret,
84200 – Carpentras
Telefone: + 33 (0) 4 90 60 77 83
Horários: Segundas, terças, quintas, sextas e sábados, das 12h às 14h e das 18h às 21h.

Delícias de Carpentras

Le Galusha – Fui neste restaurante na minha primeira visita a Carpentras. Era verão e por isso optei por sentar no terraço interior, que faz você ter a sensação de estar comendo no quintal de casa. Mas, em dias de chuva, frio ou muito calor, pode optar pelo salão, de decoração ao gosto antigo.

Delícias de Carpentras

Escolhi um menu du midi (do almoço), com entrada, prato e sobremesa por 17,50 euros. Como entrada, Feuilleté effiloché de Sardinhas (folheado de sardinhas desfiadas), acompanhado por salada verde. A minha escolha para o prato foi Pavé de colis sauce citron confit (Peixe com molho de limão), acompanhado por arroz e legumes. Como sobremesa, fui de Crème Brûlée. Um menu delicioso, com as cores e sabores do verão daquele dia.

Delícias de Carpentras

Delícias de Carpentras

Le Galusha
30, place de l’Horloge
84200 – Carpentras
Telefone: +33 (0)4 90 60 75 00
Horários: de terça a sábado, das 12h às 13h30 e das 19h às 21h30.

Delícias de Carpentras

Bom, agora você já sabe quais são os produtos típicos de Carpentras, onde comprá-los e alguns dos melhores restaurantes da cidade. Se ainda precisa de mais incentivo para visitá-la, veja o texto que escrevi sobre a história e atrações de Carpentras e o outro sobre o Noëls Insolites, o natal diferente da cidade.

Delícias de Carpentras

Como ir a Carpentras – Em Paris, na Gare de Lyon, pegar o trem para Avignon. E chegando em Avignon, pegar outro trem, desta vez em direção a Carpentras. A viagem toda, de Paris até Carpentras dura cerca de 3 horas e meia (depende do tempo de espera entre um trem e outro). Para mais informações, veja o site da SNCF, a companhia de trens francesa.

Delícias de Carpentras

* Reserve hotel para Paris e outras cidades do mundo com o Booking
* Compre seu seguro de viagem com a Real ou com a Mondial
* Para fazer passeios e excursões, contate a ParisCityVision
* Para transfer e passeios privados, contate a França entre Amigos
* Compre ingressos fura-fila para várias atrações de Paris e outras cidades com a Ticketbar
* Alugue um carro com a Rentalcars
* Saiba mais sobre Cursos de idiomas no exterior

Renata Rocha Inforzato

Sou de São Paulo, e moro em Paris desde 2010. Sou jornalista, formada pela Cásper Líbero. Aqui na França, me formei em História da Arte e Arqueologia na Université Paris X. Trabalho em todas essas áreas e também faço tradução, mas meu projeto mais importante é o Direto de Paris. Amo viajar, escrever, conhecer pessoas e ouvir histórias. Ah, e também sou louca por livros e animais.

Comentários (4)

  • Dani Bispo Responder    

    13 de novembro de 2017 at 8:48

    Re, Como uma boa comilona sou totalmente a favor que a gastronomia é uma parte importante da viagem. Para mim a Provence está para a França com a Emília Romagna está apara Itália. Amei o post

  • Natalie Responder    

    13 de novembro de 2017 at 10:58

    Oi, Renata. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia – Natalie

  • Tina Wells Responder    

    14 de novembro de 2017 at 6:31

    Acho muito bom conhecer a gastronomia local! Eu não tenho frescura pra comer, experimento de tudo! Só não curto balas açucaradas, mas ia me perder na fromagerie. E aquele tal de brouillade, não é bonito, mas deve ser muito gostoso!

  • angela sant anna Responder    

    16 de novembro de 2017 at 7:40

    bahh quanta coisa gostosa! achei bem uma graça as berlingots com as listrinhas brancas, com ctz é um ótimo souvernir…o problema é sobrar algum quando voltar pra casa “trouxe pra vc mas eu comi hauehaue”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Direto de Paris usa cookies para funcionar melhor. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close